Allergo
AGENDE SUA CONSULTA (44) 3622-6393

Artigos

Psoríase e dermatite atópica: como lidar? 17 de janeiro de 2020

Manter a pele bem hidratada auxilia tanto na prevenção quanto no alívio dos quadros inflamatórios

Além de ser o maior órgão do corpo humano, a pele é, também, o mais exposto deles. Isso significa que danos e problemas relacionados a ela são comuns.

Apesar de ambos os problemas serem crônicos e causar coceira, vermelhidão e descamação da pele é importante ficar atento aos detalhes para um diagnóstico assertivo, garantindo assim o tratamento mais adequado. A seguir, confira as principais características de cada uma delas e quais cuidados adotar para a saudabilidade da pele.

O que é?

Psoríase: doença crônica, não contagiosa e cíclica. Ou seja, os sintomas aparecem e reaparecem periodicamente. Por mais que sua causa ainda seja desconhecida, o problema pode estar relacionado ao sistema imunológico ? quando células responsáveis pela defesa do organismo liberam substâncias inflamatórias ?, às interações com o ambiente e também questões genéticas.

Dermatite atópica: um dos tipos mais comuns de alergia cutânea. Trata-se de uma doença genética, crônica e não contagiosa. É caracterizada pela ausência da barreira de proteção da pele, o que deixa a pele mais ressecada e propensa a lesões. Alergia a pólen, mofo, ácaros, contato com materiais ásperos, produtos químicos, estresse e até o consumo de determinados alimentos são considerados fatores de risco para o seu aparecimento.

Sintomas

Psoríase: podem incluir manchas vermelhas com escamas secas esbranquiçadas ou prateadas no couro cabeludo, cotovelos, joelhos, axilas, virilhas e costas; manchas brancas ou escuras pós lesões; pele ressecada e rachada, com sangramentos ocasionais; coceira, queimação e dor; unhas grossas, sulcadas e com depressões; inchaço e rigidez nas articulações.

Dermatite atópica: pele muito seca, descamada, com vermelhidão e bolhas. O ato de coçar tende a deixar a área ainda mais lesionada. Após um quadro intenso, a região tende a ficar com um aspecto grosseiro. Geralmente os machucados aparecem nas dobras do pescoço, cotovelos e joelhos.

Tratamento

Cada paciente é único. Por isso é importante procurar um profissional paras o diagnóstico das doenças e, assim, recomendar o melhor tratamento. Entretanto, algumas atitudes simples ajudam a manter a saudabilidade e os níveis de hidratação da pele. A seguir, confira algumas recomendações:

? Evite banhos muito quentes e demorados, assim como o uso de buchas e escovas.

? Mantenha a hidratação em dia, consumindo, em média, 2 litros de água. Chás e sucos naturais complementam o cardápio.

? Siga uma alimentação equilibrada, rica em legumes, verduras e hortaliças. No caso da psoríase, aposte no consumo de pescados. O alimento é rico em ômega-3, substância com propriedades anti-inflamatórias.

? Pratique atividades físicas e evite o consumo de cigarro e bebidas alcoólicas.

Fonte: https://saude.abril.com.br/bem-estar/psoriase-e-dermatite-atopica-como-lidar/





Avenida Rio Branco - 4332 - 87501-130 - Umuarama/PR - (44) 3622-6393
Facebook


Prestige